Planeta Sustentável

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Revisando sobre Revolução Francesa




1. (Fuvest) O que era o Terceiro Estado e quais as suas reivindicações durante a Revolução Francesa?

 

2. Cite e explique duas causas que levaram à Revolução Francesa.

 

3. Descreva como era o 1º  Estado, na França Pré-Revolucionária.

 

4.  Descreva como era o 3º  Estado, na França Pré-Revolucionária.

 

5. Quem eram os montanheses e os "Sans-Culottes"?

 

6.  Por que ocorreu o Golpe do 18 de Brumário?

 

7. Por que o período do Diretório é caracterizado como um retrocesso revolucionário?

 

8. (Unicamp) Sobre a "Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão", de 1789, o historiador inglês Eric Hobsbawm escreveu:

 

"Este documento é um manifesto contra a sociedade hierárquica de privilégios nobres, mas não um manifesto a favor de uma sociedade democrática e igualitária."

                        (Eric Hobsbawm, A ERA DAS REVOULUÇÕES)

 

Utilizando-se de seus conhecimentos sobre a Revolução Francesa, explique a afirmação do autor.

 

9. (Fuvest-gv) Na Revolução Francesa, foi uma das principais reivindicações do Terceiro Estado:

a) a manutenção da divisão da sociedade em classes rigidamente definidas.

b) a concessão de poderes políticos para a nobreza, preservando a riqueza dessa classe social.

c) a abolição dos privilégios da nobreza e instauração da igualdade civil.

d) a união de poderes entre Igreja e Estado, com fortalecimento do clero.

e) o impedimento do acesso dos burgueses às funções políticas do Estado.

 

10. (Mackenzie) "A Revolução (1789) assinala a elevação da sociedade burguesa e capitalista ... sua característica essencial é ter realizado a unidade nacional do país por meio da destruição do regime senhorial e das ordens feudais privilegiadas ... o fato de ter chegado, finalmente, ao estabelecimento de uma democracia liberal particulariza ainda sua significação histórica. Deste duplo ponto de vista, e sob o ângulo da história mundial, ela merece ser considerada o modelo clássico da revolução burguesa".

            (Soboul)

 

O fragmento de texto refere-se à:

a) Revolução Industrial.

b) Revolução Inglesa.

c) Revolução Americana.

d) Revolução Francesa.

e) Revolução da Alemanha.

 

11. (Puccamp) No contexto histórico da Revolução Francesa, o episódio denominado "O Golpe do 18 Brumário", aconteceu

a) quando se inicia o regime do Diretório, período que se caracterizou pelos desmandos políticos.

b) no momento em que a Conjura dos Iguais propõe a tomada do poder à força e o fim da propriedade privada.

c) quando Napoleão, apoiado pelo Exército e pela alta burguesia, derruba o Diretório e chega ao poder.

d) no momento em que os monarquistas tentam voltar ao poder através de golpe, que foi sufocado por Napoleão Bonaparte.

e) quando Robespierre, Saint Just e seus companheiros do Comitê de Salvação Pública são mortos na guilhotina, pondo fim ao Terror.

 

12. (Puccamp) No contexto da Revolução Francesa, a organização do Governo Revolucionário significou uma forte centralização do poder: o Comitê de Salvação Pública, eleito pela Convenção, passou a ser o efetivo órgão do Governo... . Havia ainda o Comitê de Segurança Geral, que dirigia a polícia e a justiça, sendo que estava subordinado ao Tribunal Revolucionário que tinha competência para punir, até a morte todos os suspeitos de oposição ao regime. O conjunto de medidas de exceção adotadas pelo Governo revolucionário deram margem a que essa fase da Revolução viesse a ser conhecida como:

a) os Massacres de Setembro.

b) o Período do Terror.

c) o Grande Medo.

d) O Período do Termidor.

e) o Golpe do 18 de Brumário.

 

13. (Puccamp) Observe os detalhes da caricatura.


(Leonel ltaussu A. Mello e Luís César Amad Costa. "História moderna e contemporânea". São Paulo: Scipione, 1994. p. 360)

 
A caricatura retrata o jogo das relações entre os três estados que existiam na França antes da Revolução de 1789. A imagem da caricatura representa a

a) aliança da burguesia e da nobreza para combater os membros do clero.

b) convergência de interesses políticos do clero, da nobreza e do povo.

c) luta pela liberdade desencadeada pelos membros do clero e da nobreza.

d) queda dos membros do clero e a ascensão da alta burguesia e da nobreza.

e) exploração dos camponeses pelas classes privilegiadas.

 

14. (Ufsm) "Liberdade, igualdade e fraternidade" é o lema de um importante movimento social, cujos princípios influenciaram vários movimentos revolucionários no mundo. Esse movimento é a

a) Revolução Americana.

b) Revolução Liberal de 1848, na França.

c) Revolução Gloriosa.

d) Revolução Francesa de 1789.

e) Comuna de Paris em 1871.

 

15. (Unirio) "O mais extraordinário não é que a Revolução Francesa tenha empregado os processos que a vimos aplicar e concebido as ideias que produziu: a grande novidade é que tantos povos tenham chegado a um ponto em que tais procedimentos pudessem ser empregados com eficácia e tais máximas admitidas com facilidade."

(TOCQUEVILLE, Alexis de. "O Antigo Regime e a Revolução". Tradução de Yvonne Jean da Fonseca, Brasília: UNB, 1979, p. 59.)

 

A Revolução Francesa é um dos principais movimentos sociais da história ocidental. Exerceu forte influência na formação do ideário político e social do ocidente em épocas distintas e em culturas variadas. A Revolução Francesa, em seu processo de mudanças políticas e sociais, caracterizou-se por:

a) derrubar o sistema de representação política da nobreza senhorial baseado nos Estados Gerais eleitos por sufrágio singular, secreto e universal

b) fortalecer o Estado estamental baseado no privilégio como fator de distinção social e ascensão econômica

c) promover o súdito a cidadão através de um ordenamento político-jurídico no qual se destaca a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão

d) substituir o sistema constitucional e parlamentar da monarquia francesa do Antigo Regime por uma República Federativa de governo burguês

e) trocar o modelo institucional da separação dos poderes do Estado Absoluto francês, divididos em executivo, legislativo e judiciário, pelos tribunais revolucionários burgueses

 



 
GABARITO
 
1. Eram aqueles que não pertenciam ao clero e à nobreza e que consistiam no grupo dos excluídos. Reivindicavam o fim das desigualdades sociais e da estrutura do Antigo Regime.
 
2. Os pesados impostos exigidos pela realeza e a nobreza para sustentar os seus privilégios.
A permanência de várias obrigações feudais no campo que se tornaram insuportáveis com as péssimas colheitas e o inverno rigoroso que antecederam o ano da revolução.
 
3. Era composto pela nobreza de sangue, proveniente dos senhores feudais da idade média, que viviam dos impostos pagos pelo 3Ž estado, dos privilégios feudais e eram conhecidos por seu luxo, gastos supérfluos e por não trabalharem.
 
4. Constituída pela maioria da população francesa, se caracterizava por pertencerem a ela os que trabalhavam, como a burguesia, os operários, os jornaleiros, artesãos, pequenos camponeses, etc.
 
5. Os montanheses representavam uma ala dos jacobinos liderada por Robespierre. "Sans-culottes" significava sem calções, peça de roupa usada pelos nobres e que o homem comum não usava.
 
6. Em 1798 os jacobinos vencem as eleições, prejudicando assim o projeto burguês de estabilizar o país conforme seus interesses. Isto os levou a desejarem um governo forte que normalizasse a França. Por isso preparam o golpe que levaria Napoleão ao poder.
 
7. Sob domínio dos girondinos, foram abolidas algumas conquistas populares, sobretudo o voto universal, com o restabelecimento do voto censitário.
 
8. A Revolução Francesa, além de seu caráter burguês, propunha uma igualdade jurídica e a propriedade privada, o que não é igualitário e nem democrático.
 
9. [C]
 
10. [D]
 
11. [C]
 
12. [B]
 
13. [E]
 
14. [D]
 
15. [C]
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário