Planeta Sustentável

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Resumão sobre República (até o governo de Itamar Franco)


O GOVERNO PROVISÓRIO E A REPÚBLICA DA ESPADA
(1889-1894)

  1. República Velha ou Primeira República - período de 1889 a 1930
  2. A proclamação da República não foi uma revolução:
permaneceram: agricultura exportadora
latifúndio
povo afastado do poder
o que mudou: oligarquia cafeeira dominante mais moderna
alguma participação política das camadas médias e
industriais
desenvolvimento mão de obra assalariada
desenvolvimento imigração
  1. Questões a responder:
A - Por que o período inicial da República foi de luta?
Interesses econômicos e políticos divergentes dos militares e
oligarquia agrária:
militares: autoritarismo, centralização, industrialização
oligarquia cafeeira: federalismo, uso do aparelho do Estado
em benefício do café.
B- Quais as primeiras medidas do Governo Provisório(1889-1891)?
  • banimento da Família Imperial
  • grande naturalização; adoção nova bandeira;
  • separação entre Igreja e Estado; elaboração da Constituição;
  • política econômica emissionista e industrialista
  1. Por que houve a crise do Encilhamento?
Rui Barbosa tenta política industrialista:
  • protecionismo alfandegário
  • emissão de moeda e facilitação do crédito para financiamento
de novos investimentos: muitas empresas "fantasmas"
especulação nas Bolsas® encilhamento
quebra do mercado de capitais
desvalorização da moeda
aumento do custo de vida
inflação e crise econômica
  • oposição dos setores agrários, do capital estrangeiro e dos importadores à política de Rui
  1. Quais os aspectos fundamentais da Constituição de 1891?
Baseada na Constituição dos EUA
Federalismo, grande autonomia dos estados
presidencialismo, três poderes
voto universal, porém aberto
separação entre Igreja e Estado
  1. Por que Deodoro renunciou?
Primeiro presidente do Brasil, eleito indiretamente
Excessivamente centralizador e autoritário
Sem apoio político no Congresso, decretou seu fechamento
Obrigado a renunciar por pressão da Armada
  1. Por que a política econômica de Floriano Peixoto enfrentou oposição?
- em seu governo, republicanos radicais ou jacobinos
assumem o poder
- política econômica modernizante e industrialista, combatida
pelos grupos estrangeiros e conservadores
- medidas a favor das classes populares
- emissões passam a ser privilégio do Governo Federal

  1. Por que houve a Revolução Federalista no RS ( 1893-1895)?
Uma disputa pelo poder local entre os caudilhos:
Pica- paus: adeptos de Júlio de Castilhos
Maragatos: adeptos de Silveira Martins do parlamentarismo e
maior poder federal sobre o estado
contra Floriano
receberam apoio da Revolta da Armada
Severa repressão de Floriano: o Marechal de Ferro
  1. Por que houve a Revolta da Armada ( 1893-1894)
  • descontentamento da Marinha com o predomínio do Exército
  • tendências monarquistas de elementos influentes da Marinha
  • ambições pessoais de Custódio de Melo
  • exigência de convocação de eleições
  • Floriano arma nova esquadra e combate revoltosos



21.A REPÚBLICA DAS OLIGARQUIAS - ASCENSÃO
( 1894-1909)

  1. PRUDENTE DE MORAIS ( 1894-1898)
  • combate à Revolução Federalista - RS
  • Campanha de Canudos ( 1893-1897)
  • ganho de Trindade e Missões para o Brasil
2. CAMPOS SALLES ( 1898-1902 )
  • renegociação da dívida externa
  • política deflacionária e monetarista
  • Política dos Governadores -
troca de favores entre o governo federal e os estaduais
clientelismo e continuísmo
coronelismo, voto aberto e voto de cabresto
ausência de Justiça Eleitoral
  • Política do Café com Leite - predomínio dos grandes estados
  1. RODRIGUES ALVES ( 1902-1906)
  • surto da borracha
  • revolta da Vacina
  • incorporação do Acre
  1. AFONSO PENA ( 1906- 1909)
  • política de valorização do café - Convênio de Taubaté
  • desenvolvimento da imigração
  1. NILO PEÇANHA ( 1909-1910)
  • criação do S.P.I.
  • Campanha Civilista

22.A REPÚBLICA DAS OLIGARQUIAS
  1. 1919) - PRIMEIROS ABALOS


1. A CAMPANHA CIVILISTA :
    • primeiro abalo do regime oligárquico
    • Rui Barbosa ( civil) x Hermes da Fonseca ( militar)
    • SP- BA x MG - RS
    • moralização das eleições x oligarquias tradicionais
    • busca de apoio do eleitorado urbano

  1. HERMES DA FONSECA ( 1910-1914)
  • predomínio político de Pinheiro Machado -RS-
  • Política das Salvações: derrubada dos velhos grupos
oligárquicos e substituição por outros
aliança oposições estaduais e Exército
Revolta de Juazeiro - CE- Padre Cícero
  • Revolta da Chibata - 1910

  1. WENCESLAU BRAZ ( 1914-1918)
  • movimento do Contestado ( 1912-1916) - messianismo
-questão de terras
  • participação na 1ª Guerra Mundial
  • industrialização por substituição das importações
  • grandes greves operárias em Sã Paulo - 1917

  1. DELFIM MOREIRA ( 1918-1919)
  • morte do eleito, Rodrigues Alves
  • novo abalo da Política do Café com Leite
  • nova candidatura de Rui Barbosa
  • eleição de Epitácio Pessoa - PB, apoiado pelas oligarquias
O DECLÍNIO DA OLIGARQUIA CAFEEIRA -
( 1919-1930)
I . AS TRANSFORMAÇÕES SÓCIO-ECONÔMICAS:
  • aumento populacional e desenvolvimento urbano
  • desenvolvimento transportes e comunicações
  • desenvolvimento instrução pública e carreiras técnicas
  • desenvolvimento atividades industriais
  • queda das exportações e aumento dívida externa
mudanças sociais:
  • setor agrário: exportador e p/ mercado interno
  • desenvolvimento da burguesia industrial e financeira
  • crescimento da classe média
  • crescimento operariado
II - AS OPOSIÇÕES:
  • tenentismo: movimento de jovens militares contra o domínio das oligarquias
  • as oligarquias dissidentes: fundação do P. Democrático em SP - 1926
  • Partido Comunista - 1922
  • movimento operário e as greves
  • repressão patronal e governamental: " a questão social é um caso de polícia"
III - O DECLÍNIO :
1. Epitácio Pessoa -( 1919-1922)
  • crise econômica e aceleração pressões sociais
  • centenas de greves
  • continuidade da política de valorização do café
  • Semana de Arte Moderna de 1922
  • Movimento dos 18 do Forte de Copacabana
2. Artur Bernardes ( 1922-1926)
  • governo sob estado de sítio: repressão às oposições
  • movimentos tenentistas:
  • Revolução de 1924 em S.P.
  • Coluna Prestes 1925-1927
3. Washington Luís ( 1926-1930)
  • cisão das oligarquias diante da sucessão de Washington Luís - ruptura do "Café com Leite"
  • a Aliança Liberal e a candidatura de Vargas
  • efeitos da crise de 1929 no Brasil: enfraquecimento do setor cafeeiro
4. A Revolução de 1930 e seu significado:
A ERA VARGAS
I.GOVERNO PROVISÓRIO (1930 – 1934)
  • centralização crescente do poder nas mãos de G.V.
  • controle do movimento operário pelo Estado através da legislação trabalhista: populismo
  • política de proteção ao café e industrialização
  • Revolução Constitucionalista – 1932 – tentativa de volta ao poder da oligarquia paulista
  • Elaboração da Constituição de 1934:
  • Voto secreto; voto feminino;
  • Representação classista; legislação trabalhista
II. GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934 – 1937)
  • polarização ideológica – A.I.B. – tendências fascistas
  • A . N. L. – frente de esquerda
  • repressão aos comunistas e fechamento da A N. L.
  • Intentona Comunista – 1935
  • Plano Cohen e o golpe – implantação da ditadura
III. O ESTADO NOVO (1937 – 1945)
  • Constituição de 37: outorgada, centralizadora, fascista
  • Política administrativa: interventoras, D.A.S.P., D.I.P.
  • Política econômica: intervencionismo estatal
  • nacionalismo, protecionismo
  • diversificação agrícola
  • desenvolvimento industrial
  • política trabalhista: C.L.T. e peleguismo
  • participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial
  • a redemocratização: contexto: contradição entre política interna e externa ao final da 2ª Guerra; golpe militar depõe G.V. – 1945
A RECONSTITUCIONALIZAÇÃO E O GOVERNO DUTRA (1945-50)
1. Presença dos grupos conservadores no governo Dutra.
2. Constituição de 1946:
  • liberal, presidencialista, federalista
  • direito de manifestação, greve, associação
  • analfabetos excluídos do voto
3. Atuação política do governo Dutra:
  • Total alinhamento com os EUA – clima da Guerra Fria
  • Repressão à esquerda e aos movimentos sindicais
4. Atuação econômica:
  • Congelamento salarial
  • Abertura ao capital estrangeiro e às importações
  • Desperdício das divisas acumuladas durante 2ª Guerra
  • Retorno ao controle das importações
ANOS 50 – A LUTA PELO PODER ( 1951- 1961)
1. Grupos em disputa: nacionalistas x liberais
2. A volta de Vargas – 1951 – retorno do populismo
  • nacionalismo e intervencionismo: linha progressista
  • criação da Petrobrás -1953
  • acusações de corrupção e infiltração comunista
  • grupos contrários: grande imprensa, capital estrangeiro, militares direitistas e UDN
  • atentado a Lacerda, crise política e suicídio
3. Juscelino Kubitschek-(1956-1961)
  • Oposição dos conservadores à posse de JK
  • Marechal Lott impede golpe e garante a posse
  • Política desenvolvimentista: 50 anos em 5
  • Plano de Metas: energia, transportes, indústria de base e alimentação.
  • Crescimento da inflação, dívida externa e dependência do capital estrangeiro
  • Multinacionais e opção por transporte rodoviário
  • Campo político: período de liberdade e tolerância
  • Construção de Brasília e criação da SUDENE
CARTA TESTAMENTO:
"Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se novamente e se desencadearam sobre mim.(...)
E aos que pensam que me derrotaram, respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém: meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue será o preço do seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peio aberto. O ódio, a infâmia, a calúnia, não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente, dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história."
A DITADURA MILITAR (1964-1985)
1. Governo João Goulart (1961-64):crise do Estado populista
  • Conflitos entre radicais de direita e de esquerda
  • Inflação e dívida externa
  • Organização das Ligas Camponesas
  • Greves e insubordinação marinheiros e sargentos
  • tentativa de Reformas de Base
2. Para as elites era preciso a instalação de um Estado forte, capaz de salvar a economia e reprimir pela força, as tensões sociais.
  • Em 31 de março de 64, as Forças Armadas, com apoio dos Estados Unidos, das elites e de boa parte da classe média, depunham o presidente
3.Governo Castelo Branco ( 1964-1967)
  • duas correntes entre os militares:
  • moderados: devolução do poder aos civis em curto prazo
  • "duros": continuísmo militar
  • Violenta repressão contra os opositores do regime:
  • cassação de 378 pessoas, entre elas: 3 ex-presidentes, 6 governadores e 55 membros do Congresso
  • demissão de 10 mil funcionários públicos
  • instauração de 5.000 inquéritos
  • intervenção nos sindicatos, criação do FGTS, liberação remessa de lucros
  • AI-2 : supremacia do Executivo
  • eleições indiretas p/ presidência
  • extinção dos partidos políticos
  • AI-3 : eleições indiretas para governadores e prefeitos das capitais e cidades área de segurança.
4. Governo Costa e Silva ( 1967-1969)
  • instabilidade política, greves e movimentos estudantis
  • endurecimento do regime: "Caminhando", de Geraldo Vandré, o hino oficial das manifestações contra a ditadura
  • .Amplos poderes do governo militar:
  • Lei de Imprensa
  • Lei de Segurança Nacional: combater a guerra revolucionária promovida pelos comunistas
  • SNI – fiscalização da vida nacional
5. Governo Garrastazu Médici ( 1969-1974)
  • Radicalização da ação da esquerda contra o regime militar:
  • Luta armada, terrorismo ( assaltos a bancos, sequestras, bombas)
  • Linha dura: atitudes políticas intransigentes e radicais. Anticomunista e defensora das empresas estatais.
  • "Milagre" brasileiro:
  • Angra ,Itaipu, Imigrantes, Transamazônica)
  • Brasil, ame-o ou deixe-o
  • Eu te amo meu Brasil
6. Governo Ernesto Geisel ( 1974-1979)
  • Início da crise econômica e transição democrática
  • Abertura lenta e gradual
  • Ameaças da direita radical à redemocratização
7. Governo Figueiredo ( 1979-1985)
  • Hiperinflação
  • A luta pela Anistia
  • Diretas já
  • retorno à democracia.
  • A eleição indireta de Tancredo Neves – 1985
8. A ditadura militar no Brasil – (1964-1985)
  • Estado autoritário e intervencionista
  • Repressão política
  • Ampla abertura ao capital estrangeiro
  • Crescimento do P.I.B. e concentração da renda
  • Endividamento externo e desenvolvimento industrial
  • Desenvolvimento da cultura de massa e da sociedade de consumo
BRASIL: DE SARNEY A F.H.C.
1.GOVERNO SARNEY –1985-1990
  • a herança da ditadura: economia em crise
  • estrutura política autoritária
  • Plano Cruzado: luta contra a inflação
  • Cruzeiro por cruzado
  • Congelamento dos preços e salários
  • Extinção da correção monetária
  • Desestímulo à especulação
  • Vitória do PMDB nas eleições de 1986 graças popularidade do Plano
  • Desabastecimento, ágio e burlas ao Plano: o fracasso
  • Plano Bresser(1987) e Plano Verão (1989): insucesso devido falta de credibilidade do Governo
  • Tensões Sociais: lutas no campo e crime organizado nas cidades
  • Constituição de 1988
  • Direito de voto aos analfabetos e maiores de 16 anos
  • Propriedade da terra: função social
  • Militares mantêm a função de garantir ordem interna
  • Condenação à tortura e a toda forma de discriminação
  • Sistema presidencialista e dois turnos de votação
  • Seguro desemprego, jornada de 44 h. semanais, direitos extensivos aos trabalhadores rurais e domésticos.

2. GOVERNO COLLOR – 1990-1992
  • ascensão fulminante, apoiado por empresários e Rede Globo
  • Plano Collor ou Brasil Novo: confisco da poupança; congelamento preços e salários; aumento impostos; venda de estatais; liberação das importações
  • Fracasso do Plano e nova tentativa ( Plano Collor II)
  • Denúncias de corrupção e impeachment
3. GOVERNO ITAMAR FRANCO – 1992-1994
  • Plano Real: estabilização econômica com âncora cambial
  • Violência e criminalidade alarmantes
  • Escândalos de corrupção e organização das C.P.I.s

Fonte: http://www.reocities.com/StarLunch/Vestibular/hist.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário