Planeta Sustentável

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Astronomia Maia-Turma 701


A ASTRONOMIA MAIA

Entre as diversas civilizações que habitaram o continente americano antes da chegada de Colombo, três se destacaram pelo seu grande desenvolvimento político, econômico, social e cultural: os Incas, Maias e Astecas. É uma honra fazer parte de um continente que foi o berço destas grandiosas civilizações.
Um dos fatores que ressalta a grandiosidade destes povos é o domínio que possuíam sobre a astronomia, principalmente na civilização Maia. Os Maias conseguiram entender os astros através de profundas analises do espaço e conhecimentos matemáticos extremamente precisos, tão precisos que até hoje as informações que obtiveram séculos atrás são motivos de pesquisa, pois revelam mistérios e previsões sobre o nosso mundo.  
                  A expedição odisseia no mundo Maia busca entender os motivos da queda desta civilização, e para entender os aspectos desta queda pelo campo da astronomia uma pergunta se torna essencial, Como e porque este povo se aprofundou tanto na astronomia?

Muitos estudiosos acreditam que, por esta civilização depender basicamente da agricultura   para sua sobrevivência, o conhecimento do tempo e da natureza eram vitais para eles, dai o intuito em aprender como os astros se movimentam e influenciam o nosso mundo. Mas além deles outras civilizações também dependeram da natureza para sobrevivência e mesmo assim não chegaram a tal ponto de compreensão do tempo, porém, outro enigma habita a história dos Maias que os fizeram atentar-se e decifrar os mistérios do universo e do tempo, pois estes estão ligados á diversos aspectos da vida, inclusive em suas crenças religiosas.
Ao estudar a astronomia e a matemática Maia pretendemos desvendar esses mistérios e entender como esta civilização, que possuía um enorme conhecimento sobre o tempo, chegou ao seu fim, declinando antes mesmo da chegada dos espanhóis, pois ao conseguir olhar o tempo com o olhar de uma Maia tornará possível entender realmente esta magnífica civilização  e o que a afligiu e, além disso, o porquê não conseguiram resistir a tais tormentas.  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário