Planeta Sustentável

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Regime Militar no Brasil - Vestibular UERJ


1. UERJ-2009
Entre a posse do presidente João Goulart, em 1961, e a abertura política, iniciada em 1979-1980, a economia brasileira enfrentou conjunturas de crise e de prosperidade, perceptíveis nas variações dos índices econômicos apresentados na tabela a seguir.



As particularidades do período conhecido como “Milagre Econômico” foram caracterizadas por:

(A) redução das taxas de inflação e crescimento do PIB
(B) incremento da dívida externa e retração das importações
(C) estagnação das exportações e manutenção das taxas de inflação
(D) estabilização da balança comercial e diminuição da dívida externa

Alternativa correta: (A)
Comentário da questão:
Entre os aspectos da conjuntura de crise que afetou o governo de João Goulart (1961-1964), destacou-se a escalada inflacionária e o quadro recessivo da economia. Os dirigentes que assumiram o poder executivo federal em abril de 1964 priorizaram, entre outras ações, a reversão dessa situação econômica. Ampliaram-se os investimentos estatais, facilitou-se a entrada de capitais estrangeiros e instauraram-se mecanismos de estabilização do valor da moeda nacional. A partir de 1968, como indicado na tabela, um dos resultados mais expressivos dessas medidas manifestou-se nos elevados índices do PIB e também na contenção da inflação na casa dos 20% ao ano. O governo divulgava esse quadro de crescimento em suas propagandas como um milagre econômico, escamoteando, em parte, as medidas derivadas desse tipo de orientação: a elevação da dívida externa, a facilitação dos mecanismos de crédito e o controle dos salários.

2. UERJ-2012


Entre 1969 e 1973, em função das taxas de crescimento então alcançadas, o momento econômico do país ficou conhecido como o do "milagre brasileiro".
Com base no testemunho do movimento operário e na publicidade, pode-se concluir que os principais efeitos do "milagre brasileiro" foram:

(A) elevação do PIB - expansão dos sindicatos
(B) nacionalização da indústria - revisão das leis trabalhistas
(C) modernização da tecnologia - qualificação da mão-de-obra
(D) internacionalização da economia - concentração de renda

Alternativa correta: (D)
Comentário da questão:
O "milagre brasileiro" caracterizou-se pelas elevadas taxas de crescimento do produto interno bruto, em paralelo a índices relativamente baixos de inflação. Seus efeitos, contudo, não foram os mesmos para os sujeitos envolvidos nas relações entre capital e trabalho. No que diz respeito ao capital, destacaram-se os estímulos governamentais a setores industriais — como os de tecnologia de ponta —, incluindo-se a facilitação para os investimentos de empresas estrangeiras, além da ampliação dos investimentos estatais. Quanto ao mundo do trabalho, vigorou a política de arrocho salarial — alvo maior das críticas do movimento operário —, que acentuou a concentração de renda.
3. UERJ-2011



No decorrer da década de 1970, medidas econômicas implementadas pelos governos militares afetaram de maneiras variadas as condições de vida dos brasileiros, como ilustram a propaganda e a charge.
Indique duas dessas medidas econômicas e dois dos seus efeitos sociais.
Comentário da questão:
Ao longo da década de 1970, a sociedade brasileira vivenciou os efeitos de ações dos governos militares, centradas na perspectiva de promover o desenvolvimento nacional. Houve, nos termos da época, o milagre econômico, então caracterizado pelas elevadas taxas de crescimento do produto interno bruto e pela contenção da inflação. O milagre econômico, contudo, gerou efeitos variados sobre os diversos segmentos sociais do Brasil da época. Como ilustram a propaganda e a charge, setores da classe média ampliaram seu poder de consumo de bens duráveis, como os automóveis; ao passo que, os grupos populares mantiveram condições precárias de trabalho e de vida. Assistiu-se ao aumento da riqueza e, em paralelo, à maior concentração de renda.
Entre as medidas do milagre econômico, destacaram-se, igualmente:
• o favorecimento do grande capital;
• o controle cambial pelo poder do Estado;
• a facilitação do crédito destinado ao consumo de bens duráveis, além dos insumos para a expansão desse setor produtivo, com destaque para a indústria de automóveis e de eletrodomésticos;
• o controle da mão de obra por meio da repressão ao movimento sindical e pela implementação de políticas de arrocho salarial.
Entre os efeitos do milagre econômico, relacionados à maior concentração de renda, identificam-se a perda da estabilidade de emprego e o aumento das desigualdades sociais e regionais e da concentração da propriedade rural e urbana.

4. UERJ-2013



O texto da reportagem faz referência a duas fases distintas da política territorial na Amazônia durante o regime militar.
Dois exemplos dessa política de ocupação, para o período 1964/1973 e para o período 1973/1985, respectivamente, foram as implantações de:

(A) polos de turismo e lazer – extensas redes ferroviárias inter-regionais
(B) centros comerciais fronteiriços – imensas áreas de monocultura de soja
(C) distritos industriais exportadores – numerosas áreas de produção de borracha
(D) assentamentos de agricultura familiar – grandes projetos de grupos empresariais

Alternativa correta: (D)

Comentário da questão:Durante o regime militar, foi implementada a mais ampla política estatal de incorporação socioeconômica do território amazônico ao espaço produtivo nacional. Essa política pode ser segmentada em dois momentos distintos, conforme aponta o texto da reportagem. No primeiro, a ênfase se deu na colonização, tendo como eixo a rodovia transamazônica, criada para levar “homens sem terra (do Nordeste) para uma terra sem homens”, segundo o discurso oficial. O foco dessa ação governamental estava pautado na implantação das agrovilas ao longo da famosa rodovia.No segundo momento, a estratégia passou a ser a de “tornar a Amazônia uma fonte de divisas para o país”, ou seja, incorporá-la ao espaço de produção do capitalismo brasileiro, fosse com capitais nacionais ou estrangeiros. Para isso, o governo passou a gerenciar e a incentivar grandes projetos empresariais, relacionados principalmente à mineração (como o Projeto Carajás) e à pecuária (como o Projeto Cristalino da Volkswagwen).

5. UERJ-2008





EUSTÁQUIO DE SENE e JOÃO C. MOREIRA
Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização. São Paulo: Scipione, 2007.

A importância do Estado na economia de um país varia ao longo do tempo de acordo, dentre outros aspectos, com o papel que desempenha na produção de riqueza.

No gráfico acima, é possível identificar o período de maior relevância do Estado como agente direto do crescimento econômico no Brasil.

Esse período e a correspondente doutrina econômica que fundamentava os seus investimentos são identificados como:

(A) Estado Novo - monetarismo
(B) governo JK - protecionismo
(C) Nova República - liberalismo
(D) regime militar - keynesianismo

Alternativa correta: (D)

Comentário da questãoDe acordo com o gráfico, os investimentos do Estado brasileiro na economia variaram de uma ínfima participação nos primeiros 60 anos do século XX para uma participação ativa que teve seu ponto de culminância entre 1970 e 1980. Este período corresponde ao desenvolvimento do regime militar, cujas diretrizes de investimento envolveram principalmente grandes obras públicas, seguindo o modelo americano presente no New Deal. O modelo, inspirado nas propostas do economista Keynes, focalizava grandes empreendimentos públicos, capazes de mobilizar recursos e mão-de-obra, eliminando o desemprego.
6. UERJ-2008




www.usp.br


No Brasil, o ano de 1968 foi marcado pelos crescentes choques entre as tentativas de maior participação política e o endurecimento do governo militar.

Essa polarização pode ser constatada nos seguintes eventos ocorridos naquele ano:

(A) passeata dos cem mil - decretação do AI-5
(B) reforma universitária - instauração do SNI
(C) invasão do prédio da UNE - surgimento da ARENA e do PMDB
(D) fusão dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro - fechamento do Congresso Nacional

Alternativa correta: (A)
Comentário da questão:Os governos militares após o golpe de 1964 impuseram formas diversas de repressão aos movimentos populares, observando-se mecanismos de endurecimento do regime a partir de 1968, como a instauração da Junta Militar que culminou no AI-5. Essa conjuntura desencadeou manifestações de oposição - em especial, após a morte do estudante Edson Luís - que combinaram vários segmentos sociais, desde os trabalhadores até os estudantes, dando origem à mobilização que é concluída com a Passeata dos Cem Mil. Trata-se de um contexto cuja análise e interpretação mostram a polarização entre o avanço do autoritarismo e a pressão da sociedade no sentido de maior participação.

6. UERJ-2010



A cena retratada pelos quadrinhos só se tornou possível na história recente do país com o fim do Ato Institucional nº 2 (AI-2) em 1979. A reforma partidária, assim como outros eventos do processo de restabelecimento do estado de direito no Brasil, contudo, permitiram ao regime militar controlar o ritmo da abertura política.
Indique a principal mudança produzida pela reforma partidária de 1979 e justifique sua aplicação no contexto da abertura "lenta, gradual e segura" promovida pelo regime militar.

Comentário da questão:Os quadrinhos de Henfil fazem alusão ao retorno do pluripartidarismo com a supressão do Ato Institucional nº 2. O fim do bipartidarismo, no contexto da abertura "lenta, gradual e segura" do final dos anos 1970, favorecia o esfacelamento político dos setores de oposição, que cresciam, e facilitava a manutenção por parte do governo da maioria de votos no Congresso.

7. UERJ-2009


A comparação entre os textos acima indica uma mudança na gestão do espaço amazônico.
A concepção que movia o governo brasileiro em relação à Amazônia na década de 1970 e a que serve de base para as ações propostas pelo atual Ministério do Meio Ambiente estão respectivamente apresentadas em:

(A) território estratégico - preservação dos ambientes rurais
(B) região problema - desenvolvimento ecológico equilibrado
(C) espaço da vida selvagem - proteção integral do ambiente
(D) fronteira de recursos - crescimento econômico sustentável

Alternativa correta: (D)

Comentário da questão:A relação sociedade-natureza é historicamente referenciada, sendo influenciada não só pelas concepções de natureza de cada época, como também pelas distintas formações sociais. No caso abordado, faz-se o contraponto entre a concepção de natureza como fonte de recursos inesgotáveis, que prevaleceu durante o Regime Militar brasileiro, expressa na publicidade, e a atual visão de natureza como fonte de recursos que devem ser utilizados de forma sustentável.

Fontes: 
História Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário