Planeta Sustentável

sábado, 21 de março de 2015

Questões sobre Renascimento e Gabarito no final



1) (PUC – PR) Inspirando-se na Antiguidade Clássica (Grécia-Roma), o Renascimento valorizava o homem, refletindo mesmo uma visão antropocêntrica do mundo. Esse movimento teve origem:
a) na França
b) na Alemanha.
c) na Espanha.
d) em Portugal.
e) na Itália.

2) (PUC – PR) "Nós outros pintores queremos pelos movimentos do corpo mostrar os movimentos da alma (...) Convém, portanto que os pintores tenham um conhecimento perfeito dos movimentos do corpo e os aprendam da natureza para imitar, por mais difícil que seja os múltiplos movimentos da alma."
(ALBERTI, L.B. Della Pintura, livro II; 1453. In: TENENTI, Alberto. Florença na época dos Médici. São Paulo: Perspectiva, 1973).
Este fragmento de texto referente à arte renascentista ajuda a explicar:
a) a influência do pensamento religioso na pintura renascentista que objetivava a manutenção do teocentrismo.
b) a desvinculação entre arte e religião a partir da negação da existência da alma.
c) a aliança entre arte e religião na medida em que a arte representaria a concretização dos conceitos religiosos.
d) a proibição da igreja de que os pintores representassem o ser humano.
e) a necessidade do estudo da anatomia para a produção de obras cada vez mais perfeitas.

3) (PUC – PR) O Renascimento teve início na Península Itálica, em uma época na qual ali já havia uma economia próspera, geradora de excedentes que puderam ser investidos na cultura. Analise as afirmações seguintes sobre o Renascimento e alguns de seus personagens.
I - Os renascentistas opunham-se ao misticismo, ao teocentrismo e ao geocentrismo.
II - Enquanto Copérnico afirmava que os planetas giravam ao redor do Sol, William Harvey e Miguel Servet promoviam o avanço da Matemática, com a demonstração de vários teoremas.
III - Miguel Ângelo, gênio da escultura, foi também pintor, tendo decorado o teto da Capela Sistina
no Vaticano. Das suas esculturas destacam-se as obras “Moisés”, “Pietá” e “Davi”.
IV - Sandro Botticelli, com “Alegoria da Primavera”,e Ludovico Ariosto, com “Orlando Furioso”, foram pintores que com estas obras enriqueceram a tradição pictórica italiana.
Estão corretas:
a) apenas II e III
b) apenas I e III
c) apenas II e IV
d) I, III e IV
e) apenas I e IV

4) (UFSC) O trecho abaixo é um diálogo entre D. Quixote e seu fiel escudeiro Sancho Pança, personagens da monumental obra de Miguel Cervantes, Dom Quixote de La Mancha
“...” Quais gigantes? – Disse Sancho Pança.
- Aqueles que ali vês - respondeu o amo [...]
- Olhe bem Vossa Mercê - disse o escudeiro que aquilo não são gigantes, são moinhos de Vento.[...]
- Bem se vê - respondeu Dom Quixote - que não andas corrente nisto das aventuras, são gigantes, são; e se tens medo tira-te daí e põe-te em oração enquanto eu vou entrar com eles em [...] desigual batalha. “...”
CERVANTES de Saavedra, Miguel de. Dom Quixote de La Mancha. São Paulo, Abril Cultural, 1981. p. 55.
Analisando o texto, o momento e as circunstâncias em que foi escrito, é correto afirmar, EXCETO:
a) Dom Quixote de La Mancha é uma das principais obras do chamado Renascimento Cultural.
b) Dom Quixote, como a maioria das obras do Renascimento, defende intransigentemente as instituições medievais, daí seu principal personagem ser um cavaleiro andante.
c) William Shakespeare, autor de Romeu e Julieta, Hamlet, Macbeth e muitas outras obras e Luís de Camões, autor de Os Lusíadas, também foram autores do chamado Renascimento Literário.
d) O Renascimento provocou mudanças na literatura, arquitetura, escultura, pintura, música e nas ciências.
e) O movimento renascentista representou o novo, o moderno – o mundo das cidades e do dinheiro, e se opunha aos conceitos e instituições medievais.

5) (UFSC - Adaptada) Sobre o Renascimento cultural europeu, é CORRETO afirmar:
I - O homem passou a se dedicar mais a Deus do que a si próprio.
II - A classe burguesa desenvolveu a capacidade de competição aumentando a concorrência.
III - A resignação permaneceu como herança da mentalidade cristã medieval
IV - Os humanistas foram grandes admiradores da cultura greco-romana.
V - A visão racionalista do mundo foi substituída pela fé.
Estão corretas:
a) I e II;
b) II e III;
c) III e IV
d) II e IV
e) IV e V
6) Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) nas suas referências ao Renascimento:
I - O significado do termo Renascimento está associado à idéia de um novo nascimento da cultura européia, nas suas variadas manifestações, especialmente nas artes.
II - Os pensadores renascentistas limitaram-se a imitar os modelos das civilizações grega e romana.
III - Entre os renascentistas mais conhecidos nas artes plásticas destacaram-se Miguel Ângelo, Leonardo da Vinci e Rafael.
IV - Entre os escritos renascentistas destacaram-se O Elogio da Loucura (Erasmo de Rotterdam), O Príncipe (Nicolau Maquiavel) e A Utopia (Thomas Morus).
V - Fenômeno marcante da cultura renascentista foi seu caráter universalista. O deísmo, porém, foi um dos ideais almejados, pois dava acesso à sabedoria e à santidade.
VI - O renascimento religioso, identificado na Europa por vários historiadores, foi associado à Reforma Protestante e à Contra-Reforma Católica.
a) I, II e III;
b) II, III e IV;
c) I, III e IV;
d) III, IV e V;
e) IV, V e VI

7) (UFPR - Adaptada) No contexto do Renascimento, é correto afirmar que o humanismo:
a) Apoiava-se em concepções nascidas na Antigüidade Clássica.
b) Teve em Erasmo de Roterdam um de seus principais expoentes.
c) Influenciou concepções que desencadearam a “Reforma Religiosa”.
d) Inspirou uma verdadeira revolução cultural, iniciada na Itália.
e) Todas estão corretas

8) (UFPR - Adaptada) O Renascimento teve seu início na Itália, sendo alguns de seus grandes representantes Michelangelo e Leonardo da Vinci. Sobre o Renascimento europeu analise as afirmativas abaixo:
I) Significou uma mudança nos modos de pensar e agir no Ocidente.
II) Foi influenciado apenas pelo pensamento da Igreja Católica.
III) Buscou muitas referências na antigüidade clássica.
IV) Vários de seus representantes como Giordano Bruno e Galileu Galilei tiveram problemas com a inquisição.
V) A pintura renascentista não teve na perspectiva um de seus pontos fortes.
VI) O Renascimento entra em decadência em fins do século XVI devido em grande parte aos posicionamentos da Contra-Reforma Católica.
Estão INCORRETAS:
a) I e II;
b) II e III;
c) III e IV;
d) II e V;
e) IV e VI

9) (UFSC) São alternativas corretas referentes ao Renascimento:
I) O progresso econômico e social dos fins da Idade Média, criou o clima de euforia e autoconfiança na burguesia, de que a arte renascentista foi a expressão máxima.
II) A invenção da imprensa por Gutemberg, facilitou a difusão dos ideais renascentistas.
III) O reflorescimento do sistema feudal lançou as bases do futuro movimento renascentista.
IV) O apoio da burguesia industrial do sul da Itália, explica a causa da prioridade italiana no Renascimento.
V) O espírito de observação e crítica (livre exame), que surgiu durante o Renascimento, favoreceu o progresso de várias ciências.
VI) As riquezas, provenientes do Oriente, favoreceram o surgimento de grandes escritores renascentistas em Portugal como Camões, Cervantes e Tomas Morus.
Estão corretas:
a) I, II e V;
b) I, III e VI;
c) II, III e IV
d) III, IV e V;
e) IV, V e VI

10) (UFPR 1999) Na transição entre a Idade Média e a Idade Moderna:
I ) Na inspiração artística da Renascença, os motivos religiosos constituíram uma exceção, no conjunto das obras do período, este foi o caso de Velázquez e Rembrandt.
II ) A arte renascentista preocupou-se com o homem e, tecnicamente, com o jogo de cores, luzes e sombras, perspectiva e movimento.
III) Os princípios do racionalismo e do humanismo tiveram origem na teologia medieval, que defendia a independência da razão frente ao mundo espiritual.
IV) O homem do Renascimento considerava-se inserido num “tempo novo”, que expressava a concepção de mundo de uma sociedade marcada pelo desenvolvimento da economia mercantil.
V) O Renascimento artístico optou pelo gradual abandono dos valores e formas da Antigüidade Clássica que haviam sido resgatados durante a Idade Média.
VI) As Grandes Navegações, ao abrirem novos mundos à exploração dos europeus, contribuíram para o questionamento de valores filosóficos e culturais na Época Moderna.
Estão corretas:
a) I, III e V;
b) II, III e IV;
c) II, IV e VI;
d) III, IV e V;
e) IV, V e VI

11) (CESGRANRIO) O Humanismo renascentista assinala, no plano das transformações intelectuais, o início dos chamados “Tempos Modernos”, podendo ser identificado por uma das seguintes proposições:
a) o Humanismo foi a doutrina filosófica de Renascimento e a imitação da Antigüidade greco-romana foi a sua característica marcante;
b) o Humanismo, ao valorizar acima de tudo a tradição clássica greco-romana, constituiu um movimento contrário ao Renascimento;
c) o Humanismo não teve características próprias, não foi um movimento autônomo, pois, desde o início, esteve integrado ao Renascimento;
d) a valorização do homem moderno e a recusa em reconhecer todo e qualquer valor à Antigüidade Clássica era a principal tônica do humanismo;
e) o Humanismo buscava recuperar a tradição clássica, os valores gregos e romanos, reinterpretando-os à luz das novas preocupações culturais.

12) (PUC-UFF) Tendo em vista as relações existentes entre o Humanismo e o Renascimento, poder-se-ia afirmar que:
a) O Humanismo constituiu um movimento filosófico contrário ao Renascimento
b) o Humanismo foi o movimento que antecedeu ao Renascimento, sendo totalmente absorvido por este último;
c) o Humanismo e o Renascimento são movimentos contemporâneos, embora totalmente distintos e sem muitas relações entre si;
d) o Humanismo foi a visão do mundo que permitiu à herança greco-romana adquirir uma importância renovada no âmbito do movimento renascentista;
e) o Humanismo foi a filosofia do Renascimento, imprimindo-lhe o caráter de imitação da Antigüidade greco-romana.

13) (MACK) O Humanismo foi um movimento que não pode ser definido por:
a) ser um movimento diretamente ligado ao Renascimento, por suas características antropocentritas e individuais;
b) ter uma visão do mundo que recupera a herança greco-romana, utilizando-a como tema de inspiração;
c) ter valorizado o misticismo, o geocentrismo e as realizações culturais medievais;
d) centrar-se no homem, em oposição ao teocentrismo, encarando-o como medida comum de todas as coisas;
e) romper os limites religiosos impostos pela Igreja às manifestações culturais.

14) (FUVEST) “Se volveres a lembrança ao Gênese, entenderás que o homem retira da natureza o seu sustento e a sua vida. O usurário, ao contrário, nega a vida, desprezando a natureza e o modo de viver que ela ensina, pois outros são no mundo seus valores ideais”
Dante Aleghieri
A Divina Comédia -Inferno
Esta passagem do poeta florentino exprime:
a) Uma visão já moderna da natureza, que aqui aparece sobreposta aos interesses do homem;
b) um ponto de vista já ultrapassado no seu tempo, posto que a usura era uma prática comum e não mais proibida;
c) uma nostalgia pela Antigüidade greco-romana, onde a prática da usura era severamente coibida;
d) uma concepção dominante na Baixa Idade Média, de condenação à prática da usura por ser contrária ao espírito cristão;
e) uma perspectiva original, uma vez que combina a prática de usura com a felicidade humana.

15) (COMVEST) “Que obra de arte é o homem: tão nobre no raciocínio; tão vário na capacidade; em forma e movimento, tão preciso e admirável; na ação é como um anjo; no entendimento é como um Deus; a beleza do mundo; o exemplo dos animais.”
Este comentário de Shakespeare, em Hamlet, define uma posição.
a) teocentrista;
b) humanista;
c) reformista;
d) atomista;
e) realista.

16) (FUVEST) Com relação à arte medieval, o Renascimento destaca-se pelas seguintes características:
a) a perspectiva e a pintura a óleo;
b) as vidas de santos e o afresco;
c) a representação do nu e as iluminuras;
d) as alegorias mitológicas e o mosaico;
e) o retrato e o estilo romântico na arquitetura.

17) (UFRS) Sobre o Renascimento, assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as afirmações abaixo.
( ) A arte renascentista italiana reforçou a concepção formal hierárquica e cristã herdada da arte românica.
( ) O Humanismo, enquanto elemento importante do Renascentismo, deve ser entendido como um movimento intelectual de valorização da Antigüidade Clássica, sem que se pregasse um retorno ao passado.
( ) Os novos conteúdos e estilos sociais do Renascimento eram exclusivamente burgueses, já que precisavam romper com as práticas do feudalismo.
( ) O racionalismo renascentista pretendia explicar o mundo pela razão do homem e pela ciência.
( ) O teocentrismo e o caráter civil e cortesão foram algumas das características do Renascimento.
A seqüência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:
a) V – F – F – F – V
b) F – V – F – V – F
c) F – F – V – F – V
d) V – F – F – V – V
e) F – V – V – F – F

18) (Unifor-CE) Considere os textos abaixo
I. O renascimento comercial reativou o intercâmbio cultural entre o Ocidente e Oriente.
II. A ascensão social e econômica da burguesia propiciava apoio e financiamento ao desenvolvimento da nova cultura.
III. O aperfeiçoamento da imprensa teve importância no século XVI. Na verdade não pode ser considerado um fator direto, pois, embora seja uma inovação de capital importância para a humanidade, seus efeitos só se fizeram sentir no último século desse movimento.
Eles referem-se a:
a) resultados das idéias Iluministas;
b) causas que deram origem à Reforma;
c) fatores que geraram o Renascimento;
d) fatores que implementaram o Absolutismo;
e) conseqüências do Despotismo Esclarecido.

19) (U. Alfenas-MG) A invenção da imprensa no século XV o avanço técnico e científico promovido pela expansão comercial e marítima e a proteção e financiamento dos artistas interessados em afirmar seus valores são fatores que contribuíram para a eclosão do momento cultural europeu denominado:
a) iluminismo
b) antropocentrismo
c) reforma
d) renascimento
e) romantismo

20) (U.E. Ponta Grossa-PR - Adaptada)
“Os estudos sobre o Renascimento fracionaram o que a Renascença teve a paixão de unir. Nenhum dos seus promotores se conformou em confinar a sua atividade num único domínio (...) Na sua maior parte, estes criadores debruçaram-se atentamente sobre os dados teóricos das respectivas realizações, sem que a sua reflexão se deixasse deter por quaisquer limites (...) e a arte era, sob a sua perspectiva, a maneira de reproduzir ou de, pelo menos, revelar a ordem secreta do Universo.”
(RAPP, Francis. In: História Geral da Europa.)
Sobre o Renascimento, assinale o que for correto.
I – A arte renascentista é uma arte de pesquisa, invenção e inovação.
II – Entre os valores renascentistas não estavam incluídos o individualismo, o hedonismo e o espírito crítico.
III – O Renascimento foi essencialmente um movimento elitista. A partir dele, abriu-se uma nítida divisão entre arte erudita e arte popular.
IV – No Renascimento, a burguesia, o clero e a nobreza se empenharam em harmonizar seus valores e tradições.
V – As manifestações artísticas, preocupadas exclusivamente com a emoção e o sentimento, ignoraram as contribuições das ciências.
a) I e II;
b) II e III;
c) I e III;
d) III e IV;
e) IV e V.

21) (U. Santa Ursula-RJ) O Renascimento é considerado por muitos historiadores como um marco na revolução intelectual do Ocidente. Ocorreu primeiro na Itália e pode ser caracterizado por modificações nas artes em geral e em alguns conceitos anteriormente aceitos como imutáveis. Assinale o mais correto:
a) O humanismo, o heliocentrismo e o uso da fé como base para todo e qualquer pensamento ou criação artística.
b) As idéias de Santo Tomás de Aquino, a estética e os conceitos medievais.
c) O rompimento com a cultura e estética medievais, a valorização da cultura grecoromana, o racionalismo e o mecenato.
d) A resistência da burguesia aos novos valores.
e) O teocentrismo, a aceitação dos dogmas da Igreja, o anti-naturalismo.

22) (UFCE) A cultura renascentista favoreceu a valorização do homem, estimulando a liberdade de expressão presente em diferentes manifestações artísticas e literárias. Entretanto, a participação da Igreja Católica, entre os mecenas, pode ser associada:
a) à renovação das idéias defendidas pela hierarquia eclesiástica, que se deixara influenciar pelo liberalismo burguês.
b) à continuidade do cristianismo como religião dominante, limitando a liberdade de expressão aos valores estabelecidos pela igreja.
c) ao engajamento da intelectualidade católica nas experiências científicas, na tentativa de conciliar razão e fé.
d) às novas condições de vida na Europa, que extinguiram a persistência dos valores religiosos na sociedade.
e) ao surgimento de novas ordens religiosas, defensoras do mecenato como um meio de maior liberdade de expressão.

23) (Unifor-CE)
“No quadro de Leonardo da Vinci, Gioconda, surpreendemos o equilíbrio e a perfeição. Michelangelo domina a pedra, com a mesma loucura com que os descobridores esculpem sobre a cultura pré-colombiana suas Igrejas, seus palácios, suas cidades, seus filhos... Descobrir a América, subjugar culturas estabelecidas em continentes desconhecidos, provar que a Terra é redonda e montar uma economia centralizada na Europa são gestos humanistas, gestos do descobridor de um homem renascentista.”
(THEODORO, Janice. Descobrimentos e Renascimento.
In: Repensando a História. São Paulo: Contexto, 1991 p. 26 e 64)
Pode-se afirmar que o momento histórico, referido no texto, entre outros fatos importantes, é caracterizado
I. pela Reforma Protestante, dividindo a cristandade ocidental (em católicos e protestantes).
II. por um espírito crítico e uma acentuada influência do pensamento grego e romano.
III. pelo espírito liberal (liberalismo), fazendo surgir e consolidando os estados nacionais europeus.
Das afirmações, somente
a) I está correta.
b) II está correta.
c) I e II estão corretas.
d) I e III estão corretas.
e) II e III estão corretas.

24) A propósito do Renascimento Cultural, julgue as afirmações, verdadeiras ou falsas.
( ) Teve início na Alemanha, pois aquele país conseguiu de modo pioneiro unificar-se e propiciar condições econômicas, políticas e culturais para desenvolver tal projeto.
( ) Um dos seus traços marcantes foi o racionalismo que atendia às expectativas da burguesia no sentido de alcançar um domínio mais completo da natureza objetivando seus lucros.
( ) O teocentrismo desenvolveu-se como um importante valor cultural no período do Renascimento, marcado pela sacralização do mundo.
( ) O Renascimento retirou da Igreja o monopólio da explicação das coisas do mundo, fato que culminou no empirismo científico dos séculos XVII e XVIII.
a) F – V – F – V
b) V – V – V – F
c) F – F – V – V
d) F – V – V – F
e) V – F – V – F

25) (Uniderp-MS)
“Que obra de arte é o homem; tão nobre no raciocínio; tão vário na capacidade; em forma e movimento; tão preciso e admirável, na ação é como um anjo; no entendimento é como um Deus; a beleza do mundo; o exemplo dos animais.”
(Shakespeare)
A frase acima refere-se a uma das principais características do Renascimento, ou seja, ao:
a) teocentrismo
b) pessimismo
c) absolutismo
d) antropocentrismo
e) calvinismo

GABARITO:

01) E
02) E
03) B
04) B
05) D
06) C
07) E
08) D
09) A
10) C
11) E
12) D
13) C
14) D
15) B
16) A
17) B
18) C
19) D
20) C
21) C
22) B
23) C
24) A
25) D

Nenhum comentário:

Postar um comentário