Planeta Sustentável

sábado, 9 de novembro de 2013

Exercitando 7o Ano


1. Como ficou conhecido o período de domínio espanhol que durou de 1580 a 1640?

 

____________________________________________________________________________

 

2. A expressão "engenho" no Brasil colonial, designava:

a) as áreas de lavoura de algodão para exportação;

b) locais onde se armazenavam produtos para exportação;

c) companhias de comércio de açúcar;

d) grandes propriedades rurais onde se produzia açúcar;

e) local onde era moída a cana-de-açúcar.

 

3. A introdução da lavoura açucareira no Brasil pelo governo português, pode ser explicada:

a) pela necessidade de se expulsar os franceses;

b) devido à decadência do comércio de especiarias com as Índias;

c) devido à necessidade de garantir aos colonos, um produto que pudesse ser trocado por escravos;

d) pelo trabalho dos jesuítas, que precisavam de um produto para vender e garantir o sustento;

e) a partir da descoberta do produto por bandeirantes na Amazônia.

 

4- A União Ibérica durou 60 anos e teve influência na colonização portuguesa do Brasil. Durante o período da união entre Portugal e Espanha, o Brasil:

a) atingiu o auge da sua produção açucareira com ajuda de capitais espanhóis.

b) foi invadido pela Holanda, interessada na produção do açúcar.

c) conviveu com muitas rebeliões dos colonos contra o domínio espanhol.

d) registrou conflitos entre suas capitanias, insatisfeitas com a instabilidade econômica.

e) conseguiu ficar mais livre da pressão dos colonizadores europeus.

 

5. A administração de Maurício de Nassau sobre parte do Nordeste do Brasil, no século XVII, caracterizou-se

a) por uma forte intolerância religiosa, representada, principalmente, por meio do confisco das propriedades dos judeus e dos católicos.

b) pela proteção às pequenas e médias propriedades rurais, o que contribuiu para o aumento da produção de açúcar e tabaco em Pernambuco.

c) por uma ocupação territorial limitada a Pernambuco, em função da proteção militar efetuada por Portugal nas suas colônias africanas.

d) por inúmeras vantagens econômicas aos colonos e pela ausência de tolerância religiosa, representada pela imposição do calvinismo.

e) pela atenção aos proprietários luso-brasileiros, que foram beneficiados com créditos para a recuperação dos engenhos e a compra de escravos.

 

6. Entre as causas da ocupação holandesa em Pernambuco, pode-se destacar:

a) o interesse no tráfico negreiro;

b) a participação das companhias de comércio na exportação de algodão;

c) a participação holandesa na indústria açucareira e a  União Ibérica;

d) a ausência dos jesuítas em Pernambuco;

e) a necessidade de uma colônia protestante.


7. A exploração açucareira, ocorrida durante o século XVI e início do século XVII, envolvia dois países que lucraram com a imensa riqueza gerada pela produção do açúcar:

a) Portugal e Inglaterra

b) Inglaterra e Holanda

c) Portugal e Holanda

d) Cuba e Portugal

e) Paraguai e Holanda

8. "O senhor de engenho é título a que muitos aspiram, porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado de muitos." O comentário de Antonil, escrito no século XVIII, pode ser considerado característico da sociedade colonial brasileira porque:

a) a condição de proprietário de terras e de homens garantia a preponderância dos senhores de engenho na sociedade colonial. 
b) a autoridade dos senhores restringia-se aos seus escravos, não se impondo às comunidades vizinhas e a outros proprietários menores.
c) as dificuldades de adaptação às áreas coloniais levaram os europeus a organizar uma sociedade com mínima diferenciação e forte solidariedade entre seus segmentos.
d) as atividades dos senhores de engenho não se limitavam à agroindústria, pois controlavam o comércio de exportação, o tráfico negreiro e a economia de abastecimento.
e) o poder político dos senhores de engenho era assegurado pela metrópole através da sua designação para os mais altos cargos da administração colonial.

 
9. Os senhores de engenho constituíram uma organização familiar denominada:

a) social;

b)antroplógica;

c)poligâmica;

d)matriarcal;
 
e) patriarcal.

10. A implantação em 1548, no Brasil, do sistema de Governo-Geral tinha objetivo: 

a) legislar e executar as decisões das Câmaras Municipais;

b) iniciar o processo de colonização da costa brasileira;

c) promover e desenvolver atividades no mercado de consumo;

d) expandir a ocupação do interior do território nacional;

e) coordenar e centralizar a administração das Capitanias. 

 

11. A economia açucareira na Colônia Brasil relacionava, sobretudo, interesses:

a) holandeses e portugueses;

b) ingleses e portugueses;

c) franceses e  portugueses;

d) holandeses e espanhóis;

e) holandeses e ingleses.

 

12. A afirmação de Antonil de que "os escravos são as mãos e os pés do senhor de engenho” significa  que:

a) os escravos eram indispensáveis ao funcionamento dos engenhos;

b) não havia trabalhadores livres nos engenhos;

c) a produção do açúcar estava totalmente a cargo dos escravos;

d) não havia instrumentos mecânicos nos engenhos;

e) o número de escravos era muito reduzido nos engenhos.

 

 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário